Como colocar maquinas virtuais em rede usando VMware Server – Parte II


Introdução

Como já havia mencionado na parte I desse artigo, VMware Server fornece 3 maneiras para que você possa configurar uma máquina virtual em uma rede virtual

Configurações de Redes Possíveis

O VMware Server trabalha com 3 possíveis configurações de Rede.

• Rede Bridge
• Rede NAT
• Rede Host-Only

Já falei da Bridge e suas possíveis aplicações, agora, vamos falar de NAT.

Entendendo o que é NAT

NAT é acrônimo de Network Anddress Translation ,em uma tradução literal seria Tradução de Endereço de Rede.

A NAT é uma “técnica” de rede usada quando temos apenas um IP valido para Internet e queremos que todas as máquinas com IP inválido na minha rede também se conecte a Internet , isso é possível porque a NAT faz a tradução do endereço invalido para o valido e vice versa.

Em suma a NAT aproveita o único IP válido e o usa para conectar a Internet as máquinas com IPs inválidos, é o tradicional “COMPATILHAMENTO DE INTERNET”.


No VMware Server NAT funciona assim:.

 

Sua máquina virtual compartilhará do IP e endereços MAC do host (máquina real onde o VMware Server esta instalado). A máquina virtual compartilhará do endereço IP válido da máquina host , e receberá um IP inválido vindo do DHCP virtual inserido no VMware Server através da interface virtual VMnet8 que é instalada quando instalamos o Vmware como se fosse uma placa de rede real no Windows (confira no seu Windows em conexões de rede no painel de controle).

A através da interface VMnet8 o DHCP virtual atribuirá a (s) maquina(s) virtual (is) ip dentro da seguinte faixa 192.168.49.0

Na configuração padrão NAT, os computadores que estão em sua rede não poderão iniciar conexões com a máquina virtual. Isso significa, por exemplo, que a configuração padrão não permite que você use a máquina virtual como um servidor Web para publicar páginas para rede externa.

Mas é possível usar uma segunda interface de rede virtual na VM em modo Host-Only vide parte III para criar uma rede virtual só com maquinas virtuais, ideal para testes de rede e configurações, antes de implementar em ambiente de produção, uma vez que esta rede virtual com VMs não afetará o comportamento de sua rede REAL.

Você poderá criar várias maquinas virtuais mesmo que você tenha apenas uma placa de rede REAL, pois o principio regido pela NAT, em que eu posso compartilhar endereço válido para quantas máquinas eu precisar (lógico obedecendo os limites do TCP/IP) continua valendo.

 

Vantagem

A vantagem é que o sistema operacional do Host ficará protegido de ameaças partidas da VM

Aplicações:

• Para ambientes onde não se tem uma rede completa , mas tem apenas um cable modem cabo, cable modem DSL ou modem dial-up (discado) e quer que sua VM conecte-se a Internet.
• Quando se quer criar uma rede virtual só com VMs e não quer que esta rede afete a rede REAL já em produção

Alexander Silva

Alexander Silva é Diretor e fundador da AS tem vasta experiência em treinamento e capacitação de profissionais de TI, experiência essa adquirida com mais de 10 anos atuando no mercado. Alexander Silva é Linux: LPIC-1 | LPIC-2 | CLA Novell - SUSE Linux Certified | CompTIA Linux + Microsoft: MCP | MCTS | MCSA | MCSE

You may also like...

  • Anônimo

    Realmente este texto me ajudou muito. Obrigado!

  • vc poderia tirar uma duvida? tenho como acessar uma maquina virtual VMWare dentro da minha rede por um navegador ?